Confira todos os dados sobre a grande Ford Brasil

Confira todos os dados sobre a grande Ford Brasil

A Ford já esteve presente no mercado brasileiro há 95 anos, mas não iniciou a fabricação em grande escala no país até 1957, quando a produção do caminhão de médio porte F-600 começou na Ipiranga, no estado de São Paulo. No entanto, foi o início das operações na vizinha São Bernardo do Campo, em 1967, que transformou o veículo americano em um grande produtor no Brasil.

A fábrica de São Bernardo do Campo – ou “SBC” na terminologia da Ford – foi adquirida como parte da aquisição da Willys-Overland do Brasil com problemas. O acordo significou que a Ford Seguro dpvat pr valor também herdou um trabalho em andamento com base na Renault 12, que se tornou a Corcle, um dos carros compactos mais populares do Brasil durante o início da década de 1970.

Com a adição do Galaxie com motor V8 em 1967, a Ford tinha um modelo que se tornou o símbolo de status de sua era no Brasil. A Ford sentiu-se confiável no futuro de suas operações no Brasil, que então estabeleceu uma fábrica de motores em Taubaté, também no estado de São Paulo, para fornecer o complexo SBC. Inaugurado em 1974, Taubaté continua a ser um dos três principais centros de produção da Ford no Brasil.

Novo Fiesta

Hoje, a SBC foi um pouco afastada do foco da planta mais nova, maior e mais produtiva de US $ 1,9 bilhão em Camaçari, no estado da Bahia, no nordeste do Brasil. Camaçari foi considerado o modelo da Ford para o futuro da fabricação quando abriu em 2001 devido à forma como consolidou as operações dos fornecedores com seu próprio sistema de produção, tornando-se a planta mais rentável da empresa no mundo. Mas a SBC continua a ser o lar da sede brasileira da Ford e um importante centro em suas operações globais.

Duas plantas, um site

Na verdade, não há uma planta de SBC, mas duas. A fábrica de automóveis produzirá cerca de 95.000 Fiestas este ano – apesar de cortes generalizados na indústria automotiva brasileira para lidar com a queda da demanda. O outro está programado para fazer 27 mil caminhões pesados ​​em 2014. Ambas as fábricas abastecerão o Brasil além de outros mercados líderes da América do Sul, liderados pela Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai.

SBC

A Fiesta é o segundo modelo global a sair do Brasil, após a introdução do EcoSport em Camaçari, mas a Ford planeja tornar a produção total do Brasil em conformidade com a estratégia mundial One Ford no ano que vem. A produção do Fiesta começou em março de 2013, após uma remodelação de 350 milhões de dólares das instalações de estampagem e pintura para aumentar a automação.

Produção do novo Fiesta

O início da produção da Fiesta foi acompanhado pela introdução de um novo motor flex-fuel de 1,6 litros fabricado no Brasil. Esta unidade de potência Sigma TiVCT tem comando e ignição de válvula dupla para que ele possa funcionar com gasolina ou etanol e é o primeiro para a Ford no Brasil a ser vinculada a um sistema de parada de arranque do motor. Inusualmente, o Fiesta é um dos poucos carros compactos no Brasil com uma transmissão automática e é único em oferecer uma caixa de câmbio de dupla embreagem que permite a operação manual ou automática.

Todo o site SBC abrange apenas mais de 1m sq.m, dos quais cerca de 415.000 metros quadrados são construídos. Um pouco menos de um quarto da área construída (92.000 metros quadrados) é ocupada pela fabricação de caminhões.

A divisão de automóveis oferece emprego para 1.800 pessoas, principalmente na estampagem e montagem final, enquanto a divisão de caminhões tem 980 funcionários da Ford e 298 trabalhando para uma organização parceira.

Existem milhares de fornecedores

A região mais ampla é pontilhada com fornecedores, 265 locais locais e 14 “importadores importados” alimentando as plantas. Alguns, como a Continental, estão localizados dentro do site, enquanto outros – como o Maxion, que fornece os cruzadores de caminhão – precisam transportar peças quase 300 km.

Fornecedores Ford

Por exemplo, o motor do caminhão extra-pesado Cargo vem todo o caminho da FPT na Argentina. Mas a maioria dos fornecedores está muito mais perto. A Cummins, que fabrica motores para caminhões leves, médios e pesados, bem como o pick-up da série F e o fabricante de eixos Arvin Meritor estão dentro de 50 km; A Flama, que constrói cabines para a Carga, fica a menos de 150 km de distância.

Confira todos os dados sobre a grande Ford Brasil
Avalie este artigo!
Joaquim Silva

Os comentários estão fechados.